De onde veio o Dancing Demon!

Dancing Demon é um programa escrito em 1980 para a linha de computadores (há muito extinta!) TRS-80. Clones nacionais do TRS-80 foram muito populares nos anos 1980 no Brasil; o mais famoso deles com certeza foi o CP-500, que era para uso profissional e justamente por isso bastante parrudo.

Propaganda do PROLOGICA CP-500

Propaganda do PROLOGICA CP-500

Usando o programa o usuário pode compor uma melodia simples, que é tocada pelo computador enquanto se exibe uma animação de coreografia de sapateado por um capetinha.

A coreografia também é customizável pelo usuário, e o resultado final, impressionante para a época, desperta alguma simpatia até hoje, como a gente pode ver nesse vídeo do original para TRS-80:

A versão de que mais gosto, particularmente, é um porte não-oficial para TRS-Color (a.k.a. CoCo), que eu costumava usar no meu CP-400 lá por volta de 1986:

Tela de abertura do Dancing Demon de TRS-Color

Tela de abertura do Dancing Demon de TRS-Color

Há algumas semanas o Kelly (que aliás foi quem reencontrou o Em Busca dos Tesouros!) portou o Dancing Demon para o ZX-81 (com direito a música via um processador de som instalado internamente por ele num TK-85, e a carga rápida a partir de fita cassete usando o OTLA), e ficou muito bacana:

Aproveitando o assunto, o Kelly também postou o manual do Dancing Demon original.

Como definir novas melodias e coreografias para o capetinha não é lá muito fácil, então a lembrança mais forte de quase todo mundo é da música exemplo que vem com o programa.

Lendo esse manual eu descobri que a música original do programa se chama “Ain’t She Sweet”, e é de 1927!

E, para completar, uma gravação da época, com direito às letras da música e uma coreografia que lembra muito o Dancing Demon original:

Depois dessa volta toda o que achei mais curioso é como teria sido difícil descobrir essas coisas alguns anos atrás… Apesar de conhecer o Dancing Demon desde os anos 1980 eu nunca tinha visto o manual dele, e mesmo se soubesse o nome da música conseguir uma gravação de época dela antes do Youtube seria quase impossível.

Como diz o Ricbit, “eu adoro viver no futuro”. :-)

Tags: , , , ,

3 Responses to “De onde veio o Dancing Demon!”

  1. Ila Fox Says:

    Uia, ele parece o personagem do Boulder Dash do MSX - http://3.bp.blogspot.com/_TijAN4NNGkA/Sr6AfT0ZljI/AAAAAAAAn04/Q1M8XL_C2z4/s1600-h/Boulder+dash.jpg

  2. Carlos Bragatto Says:

    Eu jamais imaginaria que essa musica era Ain’t she sweet ! Essa musica foi gravada pelos Beatles (cantada pelo John), mas nunca entrou em nenhum disco! Foi aparecer (oficialmente) no Anthology 1 de 1994. Na verdade, entrou em um disco de um cara chamado Tony Sheridan, que tocou com os Beatles na Alemanha, em 59 e 61, e essa musica está no disco dele. Se não estou enganado (preguiça de pesquisar), nem é o Ringo o baterista nessa gravação, mais provavelmente o Pete Best.

    Aqui:

    http://www.youtube.com/watch?v=Oo7bdWJMYr0

    E aqui, absolutamente incrivel, aparece no final do documentário Beatles Anthology, que tenho em LaserDisc (8 LDs, 16 lados), e em DVD (esse eu tenho em DVD-R), onde o Ringo, Paul e George, na casa do George, no final de 1993, cantam essa musica. A harmonia dos 3 é uma coisa tocante, pra quem curte, vale a pena ver aqui:

    http://www.youtube.com/watch?v=v5k-OE0-fWs

    Carlão
    PS: Sobre o Dancing Demon do ZX81, kudos pro Kelly, esse cara e o Andre canadense mantém a chama monocromática do TK85 viva.

  3. Fabiano G. Souza Says:

    Poxa Murilo, nem lembrava mais desse Dancing Demon! Viagem ao tunel do tempo via CP500.

Leave a Reply