As Regras de Crocker

A primeira vez em que li sobre as “regras de Crocker” foi num email do Joel Pitt para a lista do http://opencog.org/. Eu adorei a idéia, e como não achei nada sobre elas em português, resolvi postar uma tradução livre da página original da SL4:

Se você diz que opera pelas “regras de Crocker” isso significa que você permite que as outras pessoas otimizem suas mensagens para maximizar a informação transmitida, e não para maximizar a gentileza ou a educação delas com você.

As regras de Crocker significam que você toma para si total responsabilidade pela operação de sua própria mente - se você se ofende, é problema seu. Você permite que qualquer um o chame de imbecil e diga que está lhe fazendo um favor (e ela está mesmo fazendo isso - um dos maiores problemas com nossa cultura é que todo mundo tem medo de dizer que você está errado, ou eles acham que precisam enrolar antes de falar isso).

Duas pessoas operando pelas regras de Crocker deveriam ser capazes de comunicar toda a informação relevante na menor quantidade de tempo possível, sem se preocupar com convenções sociais ou rodeios. Obviamente, não dá para operar pelas regras de Crocker a menos que seja capaz desse tipo de disciplina.

Note que operar pelas regras de Crocker não significa que você pode insultar as pessoas; ela diz que as outras pessoas não precisam se preocupar com a possibilidade de insultar você. As regras de Crocker são uma disciplina, não um privilégio. Além disso, seguir as regras de Crocker não implica em reciprocidade: afinal elas são algo que você faz por si mesmo, para maximizar a informação recebida - não algo que você faz como um favor aos outros.

O nome “regras de Crocker” veio de Lee Daniel Crocker.

One Response to “As Regras de Crocker”

  1. Carlos Says:

    Sabe quando vc pensa de uma maneira e não consegue vebalizar exatamente suas palavras? É o que encontrei nas regras do Croker.

Leave a Reply